Internet, Social Media

Como ser um digital influencer de sucesso?

Nos últimos anos, vimos surgir um novo termo: Digital Influencer, ou Influenciador Digital, em português. Se ainda não sabe o que são influenciadores digitais, não se preocupe! Nós vamos explicar o que são e fornecer dicas para se tornar num influenciador digital de sucesso!

A mudança na forma como as pessoas consomem informações, mudou a forma de se comunicar nas redes sociais, surgindo então o papel do “influenciador digital”, uma pessoa que se destaca e consegue ter muita relevância perante o público que o segue.

Em boa verdade, já existem milhares de pessoas transformando as suas vidas, fazendo carreira e ganhando muito dinheiro como Digital Influencer, uma vez que se tornaram formadores de opinião das redes sociais apenas com suas publicações.

 

O que é um influenciador digital?

Um influenciador digital é a pessoa capaz de influenciar o comportamento e a opinião de milhares de pessoas através do conteúdo que publica nos seus canais de comunicação.

Os influenciadores não começaram com a internet. O marketing de influência antecede, e muito, às redes digitais. A capacidade de influenciar pessoas sempre existiu com líderes políticos, religiosos, atores, cantores, desportistas, entre outros. Foram várias as figuras públicas que ao longo de décadas influenciaram a opinião pública. 

O papel de influenciador digital só adquiriu o status atual a partir do momento em que as marcas começaram a usar as redes sociais como canais estratégicos de divulgação para seus produtos e serviços.

O principal motivo pelo qual as empresas apostam nos digital influencers, é o facto deles terem uma ligação estreita com os seus seguidores. Esta ligação surpreendente, consegue fazer com que os seguidores prestem atenção a todas as publicações dos influenciadores e, consequentemente, convencem-nos a comprar os produtos que usam.

 

Onde estão os influenciadores digitais?

Os influenciadores digitais estão presentes nas redes sociais, como Facebook, Instagram, YouTube, Twitter, e blogs.

Um estudo realizado pelas empresas Hootsuite e We Are Social, que gerenciam ferramentas de redes sociais, revelou que mais de 3 bilhões de pessoas já usam redes sociais, ou seja, 40% da população global, considerando que existem cerca de 7,5 bilhões de pessoas no mundo.

Por isso, as redes sociais são sem dúvida o melhor habitat para os influenciadores digitais, pois é onde está presente quase metade da população mundial. Vejamos mais algumas vantagens para se exercer influência nas redes sociais:

 – Mais interação: os utilizadores das redes sociais interagem com os perfis dos seus influenciadores preferidos, interessando-se pelos conteúdos que publicam;


 – Maior engagement: os utilizadores tendem a visualizar, reagir e comentar as publicações dos seus influenciadores, alavancando desta forma o engagement;


 – Mais relacionamento: estabelecer uma comunicação ampla pelos diversos meios cria um maior relacionamento com o público, promove assim a fidelização dos clientes;


 – Maior proximidade: devido à ligação estreita de proximidade entre os influencers e os seus seguidores, o público fica muito mais próximo das marcas, aumentando desta forma a reputação das marcas no mercado.

 

Qualquer pessoa pode ser um digital influencer?

 

Uma das principais vantagens da internet é que ela está acessível a todos, ou seja, é uma rede aberta. Por isso, qualquer pessoa com acesso à rede, pode produzir conteúdo, quer seja através de um computador, tablet ou smartphone e por isso, qualquer pessoa, poder ser um digital influencer.

As redes sociais, sem dúvida que facilitaram a comunicação, proporcionando um grau de exposição muito grande a qualquer pessoa que tenha um perfil, página ou canal criado nas diversas redes sociais existentes.

O que define um digital influencer é capacidade de moldar opiniões, por isso, independentemente da amplitude da influência e da concordância em relação às opiniões e conceitos emitidos, por definição, todos nós somos influenciadores digitais.

 

Quais são as vantagens e desvantagens de ser um digital influencer?

Tudo na vida tem prós e contras. Apesar de um digital influencer utilizar o seu potencial para ter como emprego o que para muitos é um hobby e ter autonomia para negociar valores e ganhar um bom dinheiro a partir do conteúdo que produz, a verdade é que nem tudo é um mar de rosas. Apresentamos então uma lista com os principais benefícios e inconvenientes.

Vantagens:

 – Mobilidade: uma das vantagens para quem trabalha para o mundo virtual, é o facto de precisar apenas de estar ligado à internet através de um dispositivo. Reunindo esse requisito, consegue produzir conteúdo em qualquer lugar do mundo;


 – Liberdade editorial: um digital influencer produz o seu próprio conteúdo, tendo liberdade para abordar o assunto que têm mais interesse para ele, excetuando os casos em que é negociado todo o trabalho com a empresa que contratou o serviço;


 – Agenda flexível: apesar de haver uma obrigatoriedade de produzir conteúdo constantemente para manter um bom engagement, um influencer tem liberdade para organizar a sua agenda, podendo conciliar os compromissos pessoais com os profissionais;


 – Vivências únicas: atualmente, os influenciadores são muito procurados pelas empresas, conseguindo realizar contratos atrativos, obtendo como recompensas viagens e experiências de sonho que vão para lá da remuneração.

 

Desvantagens:

 – Falta de privacidade: o excesso de exposição, faz com que um influencer perca o total anonimato e privacidade e, muitas vezes, nos seus períodos de lazer, são abordados pelos seus seguidores para tirarem fotografias ou apenas conversar, invadindo muitas vezes momentos mais privados;

 – Ataques de haters: o mediatismo atrai os haters – pessoas que normalmente têm como principal passatempo escrever comentários maldosos nas publicações de terceiros – pondo à prova a paciência de qualquer pessoa;

 – Menos tempo livre: há medida que o trabalho aumenta, o tempo livre para estar com a família e amigos começa a escassear. Viajar, marcar presença em eventos, produzir conteúdo de forma incessante, entre outras atividades, ocupam uma grande parte do dia de um influenciador digital;

 – Uso abusivo da sua imagem: a partir do momento que um influenciador digital se torna famoso, há pessoas e empresas que usam a sua imagem de forma abusiva, sem qualquer consentimento e sem qualquer retribuição para o influenciador.

 

Como ser um digital influencer?

 

Ter influência nas redes sociais é muito importante para marcas que querem ter um impacto positivo para o seu público e aumentar os resultados.

Se após a leitura atenta das vantagens e desvantagens de ser um digital influencer continua a querer ser um deles, leia atentamente as 10 dicas de que temos para si:

  1. Cria a sua identidade: este é o ponto principal! É preciso que o público o reconheça com facilidade, por isso, pense em si como se de uma marca se tratasse.

  2. Torne-se uma referência: destacar-se da concorrência e atrair cada vez mais seguidores, é um bom passo para sobressair. Quanto mais visibilidade tiver, mais empresas terão interesse em contratar os seus serviços.

  3. Escolha o seu público: delimite que fatia do mercado quer atingir. A escolha do seu público é essencial para definir com quem irá comunicar, quer seja nas redes sociais ou blogs.

  4. Crie conteúdo de qualidade: se tem dúvidas, faça um estudo de mercado. Pesquise, estude e avalie os influenciadores digitais mais seguidos pelo público. Depressa vai perceber que cada publicação é bem escrita e que cada imagem é única! A mediocridade nunca será opção se deseja ser um influenciador de sucesso.

  5. Produza conteúdos úteis: quando oferecer soluções para os problemas das pessoas, atrairá público de forma orgânica, que acabarão por partilhar o seu conteúdo por o acharem interessante.

  6. Partilhe coisas pessoais: os seguidores gostam sempre de saber um pouco mais dos seus influencers. Se realmente quer sobressair-se, partilhe acontecimentos do seu dia a dia, coisas realmente pessoais com as quais o seu público se possa identificar.

  7. Crie conversas: o diálogo é muito importante nas suas publicações para aumentar o engagement. No final da suas publicações, nunca se esqueça de iniciar uma conversa. Para tal, faça uma pergunta aos seus seguidores.

  8. Relacione-se com outros influenciadores: se está numa fase inicial do seu projeto e quer atrair novos seguidores, convide outro influencer para participar na sua publicação. Produza conteúdo em conjunto.

  9. Não se restrinja ao mundo virtual: o público gosta de coisas reais, por isso, marque presença fora das redes sociais e blogs. Participe em eventos relacionados com as temáticas que aborda nas suas publicações, é importante marcar presença no mundo real e contactar de perto com o seu público.

  10. Comunique com o seu público: sempre que possível, interaja com os seus seguidores, respondendo aos comentários e mensagens. Qualquer pessoa, gosta de obter resposta. Não seja um robot, seja um humano de verdade!

 

Cumprir todas estas dicas, é meio caminho andado para o sucesso, no entanto, nunca se esqueça de ser você mesmo! Pode parecer um clichê, mas é o principal passo para ser um influenciar digital de sucesso. A sinceridade com os seus seguidores será a base de todo o processo.