Your address will show here +12 34 56 78
Internet

Com mais de 20 anos de existência, os blogues converteram-se numa autêntica indústria.

 

São cada vez mais os bloggers portugueses que estão a profissionalizar-se e a tornar-se celebridades. Há mesmo quem esteja disposto a deixar carreiras para estar na blogosfera a full-time a criar tendências.

 

Os bloggers são sem sombra de dúvidas os novos líderes de opinião. Alguns têm o blog como único trabalho, muitas vezes com o apoio técnico de agências especializadas e outros, apenas colecionam seguidores.

 

Hoje em dia existem uma grande diversidade de bloggers, instagramers, youtubers…

 

A criação de conteúdo online por autores independentes tem vindo a aumentar significativamente, conseguindo captar a atenção de um público que cada vez mais elege este tipo de entretenimento como de sua eleição. Em boa verdade, podemos encontrar páginas sobre tudo.

 

Um programa a não perder

 

Dado este fenómeno, a RTP estreou uma série de programas intitulada Novo Mundo Digital, da autoria de João Jacob e realização de Ricardo Espírito Santo.

 

Este programa acompanha o “behind the scenes” de vários autores de diferentes plataformas, mostrando a sua história, partilha pessoal de experiências e o que os levou a tornarem-se fenómenos no mundo virtual.

 

A Mar Digital aconselha vivamente que veja esta série e que fique a conhecer este maravilhoso e novo mundo!

 

A importância deste sector é tal que, no ano passado, os Globos de Ouro da SIC, decidiram incluir uma nova categoria a premiar, o Digital, conforme podemos ler no nosso artigo alusivo a este tema.


Blogs do Ano

Já no ano de 2016, a Media Capital decidiu começar a premiar os melhores blogs e bloggers nacionais através da iniciativa “Blogs do Ano”, que ajudou a revelar quais os blogs mais influentes e os que mais apaixonaram os portugueses em 10 categorias.

 

Os prémios “Blogs do Ano” já contam com 3 edições, sendo uma forma de apoiar o talento para além das plataformas tradicionais, em especial o digital.

0

Internet

O Prof. Dr. Pedro Vendeira, médico urologista e andrologista do CETI – Centro de Estudo e Tratamento da Infertilidade, esteve n’O Programa da Cristina, da SIC, a falar sobre infertilidade masculina.

 

A seu lado, Bruno e Ricardo. A coragem de dois homens que aceitaram falar de infertilidade masculina. O sofrimento, o estigma e a vergonha. Bruno percebeu que era infértil este ano. Ricardo fez tratamentos de fertilidade durante quatro anos e hoje é pai de gémeos. Fique a conhecer estas duas histórias aqui.

 

O CETI, cliente Mar Digital, tem apostado na criação de diverso conteúdo, das formas mais diversificadas. A importância de informar a população sobre as questões da infertilidade, faz com que seja produzido com regularidade artigos de texto e conteúdo em vídeo.

cristina ferreira e claudio ramos


A presença no programa com mais audiência da televisão portuguesa, O Programa da Cristina, permite alcançar um grande número de espectadores, não só através da emissão televisiva, mas também, e essencialmente, através dos canais digitais.

 

A importância do vídeo on demand

 

O vídeo on demand, transmitido via streaming, está cada vez mais popular, sobretudo no meio do entretenimento e das produtoras de televisão. 

 

Por fazer parte de um mercado em expansão, os vídeos on demand são uma excelente forma de aumentar as receitas da sua empresa ou até mesmo uma oportunidade para alavancar o seu negócio.

 

Na televisão, em qualquer canal, existem diversos intervalos comerciais que interrompem a programação. Para quem realmente está prestando atenção ao conteúdo, essas interrupções são bastante incómodas, fazendo que consequentemente perca o interesse no programa. Além disso, a programação proposta pelo próprio canal nem sempre contempla a totalidade do público. É por isso que os serviços de video on demand começaram a crescer tanto.

 

A proposta de uma “programação” controlada pelo utilizador e sem interrupções é bastante atrativa atualmente. Com uma rotina que deixa grande parte das pessoas sem tempo para o lazer, o facto do utilizador ter controle total do que pode assistir, quando quiser, onde quiser e na plataforma que pretender, faz com que o mercado do entretenimento tenha sofrido um crescimento acelerado em plataformas que não a televisão.


Por isso, apesar de a assistência média de público televisivo ter vindo a baixar ao longo dos últimos anos, o facto de se poder replicar nos diversos canais online o conteúdo transmitido na televisão, continua a revestir a presença na televisão de importancia, não só por questões de notoriedade, mas também porque se consegue alcançar ainda mais público através do digital.



Imagens: O Programa da Cristina

0